Sua versão do navegador está desatualizado. Recomendamos que você atualize seu navegador para uma versão mais recente.

SAÚDE E O IDOSO
Muitas são os obstáculos a serem superados, apesar dos avanços no Sistema Único de Saúde, para que o idoso possa receber atendimento e tratamento digno no serviço público de saúde.
O envelhecimento é um processo natural da Vida, envelhecer com dignidade é um direito inalienável do ser humano.

“Podemos dizer então, que envelhecer é um direito que não há como recusá-lo, pois é um procedimento em que todos estão suscetíveis a passar, a menos que a morte impeça este destino.”


Contexto - pessoa idosa
“O Brasil envelhece de forma rápida e intensa. Segundo o IBGE, a população idosa brasileira é composta por 29.374 milhões de pessoas, totalizando 14,3% da população total do país. A expectativa de vida em 2016, para ambos os sexos, aumentou para 75,72 anos, sendo 79,31 anos para a mulher e 72,18 para o homem. Esse crescimento representa uma importante conquista social e resulta da melhoria das condições de vida.”
Com base neste quadro, entendemos que é necessário a ampliação do acesso a serviços médicos preventivos e curativos, avanço da tecnologia médica.


Diretrizes da saúde da pessoa idosa
A Coordenação de Saúde da Pessoa Idosa do Ministério da Saúde é responsável pela implementação da Política Nacional de Saúde da Pessoa Idosa, normatizada pela Portaria GM/MS nº 2.528, de 19 de outubro de 2006). Nesse contexto, a política tem como principais diretrizes:
• envelhecimento ativo e saudável;
• atenção integral e integrada à saúde da pessoa idosa;
• estimulo às ações intersetoriais;
• fortalecimento do controle social;


A Vida dos idosos nos dias atuais
Hoje em dia, é muito comum as pessoas acima de 62 anos serem ativas e independentes. Muitos moram sozinhos e executam a maioria das atividades do dia a dia sem dificuldades, elevando a auto estima, e o sentimento de autossuficiência

O idoso, entretanto, está exposto a um risco maior de acidentes.
A redução da audição, a redução da visão, diminuição dos reflexos, maior lentidão na mobilidade e menor força muscular potencializam as ocorrências de quedas, impactos e lesões variadas.
Por isso, é importante que eles vivam em um ambiente o mais seguro possível. Algumas adaptações nas residências e rotina são muito eficientes para protegê-los e evitar acidentes.
Nos países onde a população já está mais envelhecida, existe um conhecimento mais aprofundado sobre as necessidades dessa faixa etária. Eles também desenvolveram soluções domésticas que contribuem para a segurança dos idosos.


Idoso x Doenças mais comuns

O Organismo humano nesta fase já apresenta certo grau de degeneração, é neste momento que o desgaste orgânico pelo tempo de vida começa a mostrar seus sinais.

Os problemas mais corriqueiros e presentes nessa fase da vida são:

Problemas cardiovasculares
Doença cerebrovascular
Hipertensão arterial
Câncer
Diabetes
Doença de Parkinson
Alzheimer
Doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC)
Osteoartrite
Osteoporose
Cataratas
Planos de Saúde
Nesta fase da vida, no momento em que idoso, em sua maioria, sobrevive apenas de sua aposentadoria, é que os custos dos planos de saúde se tornam mais severos, e é nesta fase também que o idoso mais precisa deste serviço.


Para a Região da Grande São Paulo e Baixada santista uma operadora de Seguro Saúde, desenvolveu um produto voltado exclusivamente para pessoas com 55 anos ou mais, ela atua de forma preventiva, e como resultado o número de atendimentos emergenciais se reduziu podendo desta forma oferecer custos mais atrativos, sem prejudicar a qualidade de seu atendimento.
Vejam alguns de seus ambulatórios especializados.

Antitabagismo
O Ambulatório Antitabagismo oferece apoio especializado para os pacientes que desejam abandonar o tabaco e conta com pneumologistas e grupo de apoio com equipe multiprofissional composta por psicólogo e terapeuta ocupacional

Centro da Dor
O Centro da Dor recebe pacientes que atendam aos critérios preestabelecidos pelos profissionais de saúde, como dores crônicas (osteomusculares, neuropatias, lombalgias e fibromialgia), que já realizaram tratamentos para a dor, mas não apresentaram melhora.
Durante o tratamento, o paciente é acompanhado por médicos especialistas em dor e equipe multiprofissional.

Cognição
Atende pacientes com demência de difícil controle clínico.
O objetivo é identificar a demência, entender como se chegou ao seu diagnóstico, tratar e acompanhar a evolução natural e orientar os familiares e cuidadores quanto às técnicas de comunicação com o paciente e à percepção do que é expressado por ele. Realiza treino cognitivo, visando estabilizar a doença.

Cuidados da Pele
Oferece acompanhamento ambulatorial para tratamento de feridas e úlceras por pressão de alto grau em membros inferiores, com equipe de enfermagem especializada em estomatologia; apoio de médicos e equipe de enfermagem para a prevenção e cuidado com a pele.
Se houver indicação médica, o ambulatório realiza escleroterapia com espuma para tratamento de varizes que causam úlcera varicosa.
Há registros de redução significativa de tempo para fechamento de úlceras. As intervenções diminuem o desconforto e a dor, trazendo mais qualidade de vida ao paciente

Saúde dos Ossos
Acompanha pacientes acometidos pela osteoporose grave, doença que resulta no aumento da fragilidade óssea e maior suscetibilidade a fraturas. Evita que pacientes acometidos pela primeira fratura óssea por fragilidade tenham uma segunda fratura


Acreditamos que podemos lhe oferecer um plano justo, com custos razoáveis que se encaixam perfeitamente em seu orçamento.
Consulte-nos.



Fontes –
Ministério da Saúde
www.sabedoriapolitica.com.br

 
Logotipo Vasconcelos

Tel.: (11) 4167-8657

Cel.: (11) 99214-6453

Rua Manoel Ribas, 275 - Jardim Jussara

Carapicuiba/SP - CEP: 06321-190

contato@vasconceloscorretora.com.br

Horário de Funcionamento

Seg-Sex: das 08h30 às 17h30

Compartilhe

Compartilhe Vasconcelos Corretora de Seguros em seu facebook Compartilhe em seu twitter